:: BEM VINDO :: Monte Aprazível, 26 de Junho de 2017.

Links de Conteúdo
:: Adubação
:: Clones
:: Como Plantar
:: Crédito de Carbono
:: Custo de Implantação
:: Doenças
:: Dúvidas Freqüentes
:: Futuro da Seringueira
:: Fazendas a Venda
:: Mão de Obra
:: Objetivos da Empresa
:: Palestras 2010
:: Reserva Legal
:: Retorno de Investimento
:: Sangria
:: Seringueira
:: Seringueira com Irrigação
:: Simulação Rec/Despesa
:: Últimas Matérias
:: Zoneamento Seringueira

Previsão do Tempo

Seja Bem Vindo

voltar/ver mais notícias Seja Bem Vindo

 

:: A cadeia agroindustrial da borracha natural é composta por tais segmentos

- produtivo:
... - produção e extração do látex virgem;
...- beneficiamento da borracha natural;
- insumos e serviços:
...- máquinas e equipamentos;
...- assistência técnica;
- consumidor:
...- indústria pesada (pneumáticos);
...- indústria leve (artefatos);
- distribuidor:
...- atacadistas e varejistas (de pneus e artefatos);
...- recauchutagens;
...- borracharias;
A indústria de artefatos é composta de diversos setores:
- hospitalar: catéteres, próteses, tubos, preservativos, luvas cirúrgicas, etc;
- brinquedos: bexigas, bonecos, máscaras;
- vestuário: tecidos emborrachados, meias, elásticos;
- calçados: solados, adesivos, etc;
- construção civil: pisos e revestimentos de borracha, placas, vedantes, etc.
- maquinário agrícola e industrial: revestimentos internos de cilindros, artigos prensados e peças em geral;
- auto-peças: câmaras de ar, batedores, coxins, guarnições, retentores, camel back (para recauchutagem), correias transportadoras, etc.
Uma atividade de forte apelo socioeconômico e ambiental
A expansão da heveicultura no Brasil traria grandes benefícios socioeconômicos e ambientais, tais como:
- Geração de emprego e renda: a heveicultura emprega uma pessoa a cada quatro hectares plantados, ao passo que nas atividades agrícolas, pecuárias e florestais tradicionais essa proporção é de um para dez. O número de pessoas hoje envolvidas com a heveicultura ultrapassa 80 mil no Brasil e, se o país conseguisse produzir as 160 mil toneladas que importa, poderia gerar cerca de 40 mil empregos diretos no campo.
- O Brasil consome cerca de 250 mil toneladas de borracha natural por ano e produz aproximadamente 90 mil toneladas, sendo o elastômero o segundo item de maior saldo negativo na balança comercial do agronegócio do país. Os gastos com a importação do produto ultrapassaram US$ 1 bilhão entre 1992 e 2002.
- Proteção ao meio ambiente: o cultivo da seringueira ajuda a evitar processos erosivos, protege os mananciais, a fauna e a flora. Também mantém corredores ecológicos e representa uma alternativa à utilização de uma fonte não-renovável (o petróleo, usado na fabricação da borracha sintética).
A seringueira é originária do Brasil
A seringueira (Hevea brasiliensis) é originária da região amazônica do Brasil. A borracha dessa árvore foi descoberta em meados do século XVIII e atualmente é a principal fonte de borracha natural do mundo.
... e foi levada pelos ingleses para suas colônias asiáticas
A importância econômica e industrial da borracha natural fazia da seringueira uma árvore estratégica, sendo que sementes foram levadas pelos ingleses para serem plantadas em suas colônias na Ásia. Naqueles países a seringueira foi cultivada como uma espécie comercial, diferentemente do Brasil, onde estava em seu habitat natural. Portanto, enquanto o sistema de produção brasileiro era o extrativismo, o asiático se baseava na exploração comercial. Esse foi o principal fator de sucesso da produção de borracha na Ásia. Além desse aspecto agronômico, na Ásia não existia o fungo causador do mal-das-folhas (Microcyclus ulei), que é uma das doenças mais comuns dos seringais - sobretudo na Amazônia.
O Brasil então perde competitividade
Era praticamente impossível para o Brasil competir com a Ásia no mercado mundial, uma vez que o sistema de cultivo asiático era intensivo e não havia o mal-das-folhas.
No Brasil, o governo insistia na extração de borracha na região amazônica, gastando muito dinheiro para subsidiar esse sistema de produção. Quase todas as tentativas de cultivo intensivo da seringueira na Amazônia fracassaram, devido à incidência do fungo microcyclus.
O impacto na economia extrativista da Amazônia foi muito forte. As tensões cresceram entre proprietários de terras e de usinas e os seringueiros, há muito tempo pressionados por um regime de trabalho e uma remuneração injustos.
O sucesso da seringueira na Ásia
Os investimentos em pesquisa agrícola também explicam o forte crescimento da produção do látex na Ásia. A grande disponibilidade de mão-de-obra naqueles países foi outra característica que permitiu o avanço do cultivo, uma vez que o processo de sangria exige bastante trabalho manual.
Atualmente, Tailândia e Indonésia são os maiores produtores do mundo, respondendo por 27% e 29% da produção total mundial, respectivamente. O Brasil, que no início do século XX detinha o monopólio da produção mundial, hoje responde por apenas 1%, não conseguindo sequer suprir as necessidades da indústria consumidora instalada no país.
Mas o Brasil muda a mentalidade de produção
O Brasil só voltou a ter esperança de ser novamente um grande produtor de borracha quando descobriu que poderia cultivar a seringueira fora da região amazônica, escapando do mal-das-folhas e utilizando modernas técnicas agronômicas.
Aos poucos, agricultores e pesquisadores começaram a levar a seringueira para regiões localizadas mais ao sul do país. Além disso, todas as políticas públicas, que sempre foram destinadas exclusivamente à borracha da Amazônia, passaram a contemplar, igualmente, as iniciativas de cultivo em outras regiões. Mas isso só começou a ocorrer nas décadas de 1970 e 1980.
... e encontra a chave para crescer
A seringueira encontrou nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil ótimas condições de cultivo, particularmente nos estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Espírito Santo.
Nessas regiões, há mão-de-obra especializada e maior volume de capital para investimento em tecnologia. Além disso, a maioria das indústrias consumidoras está ali instalada, reduzindo os custos logísticos com o transporte da matéria-prima. O clima apresenta-se adequado para a seringueira, que perde suas folhas na estação seca, cortando o ciclo do fungo causador do mal-das-folhas e, conseqüentemente, mantendo as árvores sadias.
Paralelamente, governo, entidades representadas por seringueiros e ONG's intensificaram os esforços em busca de alternativas para a sustentação das populações extrativistas da Amazônia. Hoje, o movimento em defesa dos seringueiros da região Norte do país é bastante forte.
Os resultados começam a aparecer
Apesar de todos os desafios, o cultivo da seringueira no Brasil está se estabelecendo como uma atividade lucrativa e sustentável. A produção ainda é pequena, mas cresce substancialmente a cada ano.
A indústria de beneficiamento de borracha passou por um forte período de modernização a partir de 1996, conseguindo produzir borrachas de elevado padrão de qualidade.
O futuro da borracha natural brasileira
As perspectivas de crescimento da produção de borracha natural no Brasil são muito positivas. Espera-se que dentro de alguns anos o país possa, pelo menos, suprir as necessidades da indústria nacional.
Recentemente, alguns aspectos não vinculados à extração do látex também vêm contribuindo para impulsionar a heveicultura. Um deles se refere à proteção ao solo e aos mananciais proporcionada pelo cultivo da seringueira, o que a coloca em evidência numa época em que a preservação ambiental está no centro das preocupações.
A seringueira também ganha destaque nas discussões sobre efeito estufa e aquecimento global, uma vez que estudos mostram que a árvore pode fixar carbono e, desta forma, contribuir para a redução dos gases de efeito estufa.
Além disso, a Hevea brasiliensis é uma espécie apta à reposição florestal e sua madeira pode ser comercialmente explorada.
Adicionalmente, outras culturas - como cacau, café e leguminosas - podem ser plantadas intercaladas com a seringueira. São os chamados Sistemas Agroflorestais ou consórcios, cujo principal benefício é a otimização do uso de uma área já ocupada, resultando em renda extra ao produtor.
FONTE: www.borrachanatural.agr.br

voltar/ver mais notícias

 

 

heveabrasil.com - Copyright (c) 2005 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento e Hospedagem: © 2000 produtoraferreira.com.br