:: BEM VINDO :: Monte Aprazível, 19 de Novembro de 2017.

Links de Conteúdo
:: Adubação
:: Clones
:: Como Plantar
:: Crédito de Carbono
:: Custo de Implantação
:: Doenças
:: Dúvidas Freqüentes
:: Futuro da Seringueira
:: Fazendas a Venda
:: Mão de Obra
:: Objetivos da Empresa
:: Palestras 2010
:: Reserva Legal
:: Retorno de Investimento
:: Sangria
:: Seringueira
:: Seringueira com Irrigação
:: Simulação Rec/Despesa
:: Últimas Matérias
:: Zoneamento Seringueira

Previsão do Tempo

Seja Bem Vindo

 

  DEMANDA DE BORRACHA

 

  A demanda de borracha tanto natural quanto sintética cresce como em um paralelo com o PIB mundial, isso porque a borracha é usada em todos os seguimentos industriais do planeta e quando cresce a economia cresce também o consumo de borracha, visto que nos últimos anos o PIB vem crescendo à uma taxa média de 5% / ano o consumo de borracha também cresce neste mesmo percentual.

  Falando-se mais especificamente do Brasil nota-se que o plantio de seringueira cresce à uma taxa anual de 4,5 %  enquanto o consumo interno de borracha cresce em um ritmo de 6% / ano. O consumo atual do Brasil de borracha natural está na casa das 340.000 toneladas (65% importada) anuais, visto que dentro de 12 anos este consumo irá dobrar, começa-se a preocupação da escasses do produto não só aqui mas em todo o mundo.

  Por a seringueira não conseguir um apoio econômico do governo através de financiamentos voltados para o plantio, este não acompanha a demanda, por isso se tal cenário não mudar dentro de 12 anos o mundo vai experimentar um déficit de borracha natural na casa de 1.100.000 toneladas segundo o IRSG ( International Rubber Study Group).

 

  BORRACHA SINTÉTICA

  O consumo de borracha sintética de uns anos para cá vem perdendo cada vez mais mercado e essa tendência é permanente, já que este produto como se sabe tem como matéria prima o petróleo que vem uma escalada constante de aumento de preços e tal fato só tende a piorar pois sabemos que as reservas de petróleo são fontes não renováveis e os países produtores estão constantemente em conflitos.

  Como se não bastasse a indústria de borracha sintética vem sofrendo com as pressões de órgãos ambientais e da própria sociedade já que se trata de uma indústria altamente poluidora, aliando-se também o fato de que estas se encontram no leste europeu ( área em fase de reestruturação). Lembrando que a crise da sintética não vem de agora pois desde 1980 que sua curva de consumo está em declive, consumo este que chegou a representar 70% do total de borracha consumida e hoje não passa dos 56%. Com todos esses fatores negativos da borracha sintética o consumo da natural só vem aumentando.

 

  ÁSIA 

  A Ásia que é a maior potência na produção de borracha natural do mundo e também maior exportadora da commodity, vem nos últimos anos aumentando muito o seu consumo e portanto exportando cada vez menos, países como a Malásia por exemplo está em pleno processo de industrialização tornando-se grande consumidor de borracha e ainda o governo está desencorajando novos plantios de seringueira e se concentrando na industrialização do produto.

 

 PNEUS

  Como se sabe as pneumáticas ( indústrias de pneus ) é a força motriz do ramo, já que quase 80% da borracha mundial é destinada para a fabricação de pneus. Nos últimos anos vem ocorrendo a substituição de pneus convencionais por pneus radiais que usam o dobro de borracha, este é outro fator preocupante com o aumento do déficit futuro da borracha.

 

  CONCLUSÃO

A conclusão que se chega é que há falta de borracha natural em vários países importadores do produto neste momento, e a tendência é piorar muito se nada for feito em prol dos plantios. Quem acreditou no ramo 6 anos atrás, hoje colhe o ouro branco que corre dos vasos lactíferos da planta, rendendo líquido a incrível soma de R$ 1.000,00 por alqueire paulista. Quem receia falta de mão de obra para a heveicultura está enganado, pois a seringueira é um dos ramos, dentro da agricultura, que melhor remunera o trabalhador.

                    Não há um sangrador sequer que queira parar de trabalhar com esta cultura e ainda há escolas de profissionalização para estes trabalhadores tornando-os profissionais aptos para trabalhar na cultura. Não há seringueira no Brasil que não esteja sendo explorada por falta de mão de obra e no aspecto econômico há uma previsão de aumento no preço da borracha natural na casa dos U$ 0,50/kg do produto.

                     Com tantos pontos positivos, se houver alguma dúvida sobre o ramo, o plantador tem a opção de vender a terra plantada com seringueira e ter um bom ganho, já que há compradores que preferem comprar o plantio já realizado. Se hoje o kg da borracha caísse pela metade, ainda assim seria de longe melhor que a cana de açúcar em termos de lucro líquido. Por todos estes fatores, é que o Grupo Hevea Brasil acredita na cultura e presta serviços em todas as regiões plantadoras, com qualidade em primeiro lugar, para que em 6 anos você, plantador, possa usufruir dos maravilhosos resultados de um plantio bem realizado, bem conduzido e com mudas de qualidade que o Grupo fornece.

 

EDUARDO DURÃO

 

 

heveabrasil.com - Copyright (c) 2005 - Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento e Hospedagem: © 2000 produtoraferreira.com.br